6.  Programas ambientais

Atualmente a preocupação com o meio ambiente e com o impacto das atividades humanas neste é premissa fundamental para uma empresa. A adoção de práticas ambientais pode aumentar a competitividade das empresas, via eliminação de desperdícios, viabilizando economicamente um subproduto considerado rejeito, tornando-as mais sensíveis às inovações, aumentando a produtividade, reduzindo custos e melhorando seus produtos.

A defesa do meio ambiente deixou de ser apenas assunto de ecologista e passou a ter grande relevância nas estratégias empresariais. No Brasil, muitas empresas começam a apresentar soluções para alcançar o desenvolvimento sustentável e, ao mesmo tempo, aumentar a lucratividade de seus negócios.

O uso de práticas ambientais sustentáveis pode tornar a empresa mais competitiva no comércio nacional e internacional. Tendo em vista o atual cenário mundial a Usina Sonora não poderia ficar de fora deste mercado, sendo assim desenvolve diversos projetos e atividades visando à redução do impacto ambiental de suas atividades

 

 

6.1 Reposição de matas ciliares

fotos usina 044O desmatamento e as atividades agrícolas no Brasil são os principais fatores de degradação dos solos e da cobertura florestal. As Áreas de Preservação Permanente foram criadas para proteger o ambiente natural devendo estar cobertas com a vegetação original que atenuam os efeitos erosivos e a lixiviação dos solos, contribuindo para regularização do fluxo hídrico, redução do assoreamento dos cursos d’água e reservatórios, trazendo também benefícios para a fauna.

No seu programa de recuperação de matas ciliares a Usina Sonora, desenvolveu um estudo histórico sobre o perfil da degradação, desenvolvendo um cronograma de plantio, replantio e manutenção das mudas. Estas foram escolhidas baseadas no estudo fito sociológico da região. Deve-se destacar que a reposição da mata ciliar vem acompanhada, além da própria vegetação, de práticas de controle da erosão do solo visando sua conservação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

6.2 Reciclagem

Reciclagem são atividades através das quais materiais que se tornariam lixo, ou estão no lixo, são desviados, sendo coletados, separados e processados para serem usados como matéria-prima na manufatura de bens, feitos anteriormente apenas com matéria-prima virgem.

Além dos aspectos ambientais positivos obtidos, a reciclagem é uma atividade que pode ser viável economicamente, capaz de gerar ganhos econômicos, assim como gerar empregos. A Usina Sonora possui em seus setores lixeiras para a coleta seletiva de materiais, estes são recolhidos e encaminhados para o setor de reciclagem onde materiais como papel, papelão, embalagens vazias e outros resíduos são prensados e posteriormente comercializados. Os recursos desta comercialização são posteriormente empregados nos demais projetos ambientais.

 

 

 

 

 

 

 

fotos usina 049

6.3 Reaproveitamento de resíduos

A industrialização da cana-de-açúcar produz diversos subprodutos, potencialmente poluidores, entretanto buscando evitar a contaminação dos cursos d’água e nascentes a Usina Sonora utiliza estes subprodutos de forma racional na adubação das lavouras através da fertirrigação com vinhaça e do uso de torta de filtro.

              A vinhaça é o principal subproduto resultante da destilação e fermentação da cana de açúcar no processo de fabricação de etanol, também pode originar-se como subproduto da produção de açúcar sendo eliminada no processo de cristalização do caldo da cana. No geral a vinhaça é rica em matéria orgânica e em nutrientes minerais como o potássio (K), o cálcio (Ca) e o enxofre (S), e possui um pH entre 3,7 e 5,0.

              A produção de vinhaça varia em função dos diferentes processos de maneira geral cada litro de etanol produzido em uma destilaria gera entre 10 e 15 litros de vinhaça. Uma solução para o descarte racional na vinhaça é a fertirrigação, a utilização desse produto na irrigação da cana. A vinhaça é levada até a área a ser irrigada através de canais e com o auxílio de motobombas é aspergida no campo até a quantidade adequada

A torta de filtro é outro resíduo composto da mistura de bagaço moído e lodo da decantação proveniente do processo de clarificação do açúcar, para cada tonelada de cana moída são produzidos de 30 a 40 kg de torta. É um composto orgânico (85% da sua composição) rico em cálcio, nitrogênio e potássio com composições variáveis dependendo da variedade da cana e da sua maturação. Atualmente é utilizado como adubo na lavoura propiciando bons resultados para a agricultura.

 

 

 

 

6.4 Conservação do solo

A conservação do solo é extremamente importante para a Usina Sonora, são utilizadas técnicas de conservação do solo como a utilização de terraços, que são estruturas com o objetivo de reduzir a enxurrada e conduzir o volume de água da chuva que excede a capacidade de infiltração do solo, para locais adequados. É uma das práticas mais eficientes para controlar a erosão nas terras cultivadas.

 O terraceamento do solo é combinado com o plantio em curvas de nível. Neste método todas as operações de preparo do terreno, balizamento, semeadura, etc., são realizadas em curva de nível. No cultivo em nível ou contorno criam-se obstáculos à descida da enxurrada, diminuindo a velocidade de arraste, e aumentando a infiltração d’água no solo. Este pode ser considerado um dos princípios básicos, constituindo-se em uma das medidas mais eficientes na conservação do solo e da água.

 Toda essa preocupação com a construção de curvas de nível e terraços é observada também em toda a malha viária interna da Usina Sonora tendo em vista que as estradas e carreadores são construídos perpendiculares as curvas de nível e sempre em elevação assim além de facilitar o transporte as vias auxiliam no controle da enxurrada e conseqüentemente da erosão.

 

 

6.5 Descarte de embalagem de agrotóxico

O consumo de agrotóxicos, os conseqüentes danos ao meio ambiente e à saúde humana, são preocupantes à sociedade mundial, levando as instituições a buscarem soluções emergenciais para os problemas causados pelo uso indevido. Um dos grandes problemas advindos do uso de agrotóxicos são as embalagens vazias. Estas não podem ser abandonadas no local de uso, porque contêm resíduos que é fonte de contaminação ao meio ambiente.

O uso racional e o descarte correto ou que reduzem o impacto no meio ambiente e está entre as praticas da Usina Sonora.

Existem diferentes formas de descarte de embalagens, mas antes se deve pensar na tríplice lavagem, a tríplice lavagem é prática simples que tem como objetivo reduzir significativamente os níveis de resíduos internos nas embalagens vazias de agrotóxico. Após a tríplice lavagem, as embalagens são inutilizadas (furar, amassar, quebrar o bico) sem danificar o rótulo. Depois de devidamente lavadas, são entregues aos estabelecimentos comerciais em que foram adquiridas ou em postos ou centros de recolhimentos, autorizados e fiscalizados pelo órgão competente.

 

 

 

6.6 Co-geração de energia elétrica

IMG_2827No processamento da cana-de-açúcar, há alta demanda de energia térmica, mecânica e elétrica. Após a extração do caldo, é possível utilizar o bagaço obtido em caldeiras queimando e produzindo vapor que é utilizado para obter as três fontes de energia. É importante ressaltar que, do total da energia contida na planta de cana-de-açúcar, o etanol responde por cerca de um terço, estando o restante distribuído entre o bagaço, os ponteiros e a palhada. Logo, a co-geração movimenta uma cadeia energética com potencial de dobrar a energia obtida pela produção do etanol.

O aumento do custo da energia seja elétrica e do petróleo; assim como a preocupação com o meio ambiente e o uso de energias renováveis tornou mais atraente a utilização do bagaço para co-geração de energia o Parque industrial da Usina Sonora é auto-suficiente em energia elétrica durante a safra. Como ainda estamos no alvorecer do processo, existe um grande espaço de melhoria tecnológica para maximizar a eficiência da co-geração na cadeia da cana-de-açúcar para podermos comercializar o excedente produzido.

 

 

 

6.7 Educação ambiental

Considerando os programas apresentados e dentro deste contexto, é clara a necessidade de mudar o comportamento do homem em relação à natureza, no sentido de promover sob um modelo de desenvolvimento sustentável, a compatibilização de práticas econômicas e conservacionistas, com reflexos positivos evidentes junto à qualidade de vida de todos.

Buscando a mudança deste comportamento a Usina Sonora desenvolve um programa  de educação ambiental que é uma forma abrangente de educação, que se propõe atingir todos os cidadãos, através de um processo pedagógico participativo permanente que procura incutir no educando uma consciência crítica sobre a problemática ambiental.

Um programa de educação ambiental para ser efetivo deve promover simultaneamente, o desenvolvimento de conhecimento, de atitudes e de habilidades necessárias à preservação e melhoria da qualidade ambiental.

 

 


Campo Grande - MS
Rua Carlos Henrique Spengler 902
Polo Empresarial Norte 

Campo Grande/MS 79018-800 
Fone: 55 (67) 3355-6775     

Sonora - MS
Rua da Cana, 178 - Centro

Sonora/MS 79415-000
Fone: 55 (67) 3254-5000 / Fax: 55 (67) 3254-5066